09 de maio a 03 de junho / from may 9th to june 03rd – FABRICA FEATURES LISBOA

(DES)CONSTRUÇÃO NARRATIVA

imagem

Correlações tempo/espaço, e articulações audio/visuais, em vídeos desenvolvidos no âmbito do 5º ano Design de Comunicação / FBAUL, 07’08.

Space/time correlations and audio/visual relationships in video works from the 5th year of Communication Design at FBAUL, 07’08.

__

When i think about nonlinear perception, I think about the way you collect various pieces of information and put them into some kind of functional use to make sense of the world. It is about consciousness itself.

Bruce Conner*

* in Aitken, Doug – Broken Screen: 26 conversations with Doug Aitken: Expanding the Image/Breaking the Narrative.  Nova Iorque: d.a.p. publishers, 2006.

.

.

.(Des)Construção Narrativa reúne um conjunto de vídeos desenvolvidos no âmbito da licenciatura em Design de Comunicação, que se apresentam como composições formais, propondo estruturas cinemáticas alternativas aos parâmetros da linearidade do objecto fílmico.

Através da exploração de possibilidades inerentes à construção narrativa, estas (des)construções manipulam e correlacionam as dimensões temporal e espacial em representações visuais e sonoras, através de diferentes estratégias. Jogando com a simultaneidade de tramas temporais, com a divisão/desmultiplicação do écran, ou com a influência reciproca entre som e imagem, criando efeitos de expressão e representação que evidenciam a ambiguidade entre o que é “reproduzido” e “percebido”.

Narrative (de) construction brings together a number of video works developed in the academic context of the course of Communication Design which are presented  as formal compositions proposing alternative film structures to the conventional linear constraints of the filmed object.

By exploring the possibilities of narrative construction these (de)constructions manipulate and correlate temporal and spatial dimensions in visual and sound representations. These works play with the simultaneity of temporal frameworks, with the division and multiplication of the screen, or the reciprocal influence between sound and image. In this way, expression and representation modes are created that enhance the ambiguity between that which is “reproduced” and that which is “perceived”.

.

__

Tramas temporais paralelas são expressas em sequências visuais nas “metapaisagens” de Teresa Nunes e nas narrativas paralelas de Sara Cruz, acentuando uma visão subjectiva da paisagem e da vivência de um espaço.

Parallel time frames are expressed in visual sequences in the “meta-landscapes” of Teresa Nunes and in the parallel narratives of Sara Cruz, underlining a subjective vision of a landscape and of a space experience.

Teresa Nunes constrói uma estrutura de observação reveladora dos aspectos espaciais do tempo, evidenciando a expressão resultante da sua inversão e aceleração paralela.

Teresa Nunes builds an observation structure revealing the spatial aspects of time, evincing the resulting expression of its parallel inversion and acceleration.

……………………………..Metapaisagens por / by Teresa Nunes

.

.

Sara Cruz enfatiza ao papel da estrutura temporal na percepção do espaço pela convergência e divergência cronológica da sua observação.

Sara Cruz emphasizes the role of temporal structure in space perception through the chronological  convergence or divergence of its observation.

……………………………..Narrativas Paralelas por / by Sara Cruz

.

.

_

As estratégias de divisão e desmultiplicação do ecrã usadas por Joana Bernardo e Mariana Veloso exploram a percepção (não)linear de múltiplos pontos de vista, usando o valor sensorial, semântico, narrativo, estrutural, com que som e imagem se contaminam reciprocamente.

The screen division and multiplication strategy used by Joana Bernardo and Mariana Veloso explore (non)linear perception from multiple viewpoints, using the sensorial, semantic, narrative and structural components that mutually contaminate sound and image.

Os limites do ecrã como “contentor” da narrativa, são tratados por Mariana Veloso, através da extensão e fragmentação do campo visual e do uso do som para desafiar as dimensões da imagem.

The screen limits as a narrative “container” are treated by Mariana Veloso through the extension and fragmentation of the visual field and sound used to challenge the image dimensions.

……………………………..Pára, pára e marca esse sítio por / by Mariana Veloso

.

.

1Dto de Joana Bernardo, trabalha efeitos de expressão e representação numa abordagem formal aos rituais quotidianos. Com uma simultaneidade de ritmos e padrões, a imagem em que o som se projecta reivindica a atenção, conduzindo-nos entre linhas narrativas paralelas.

Joana Bernardo’s 1Dto elaborates on expression and representation effects  as a formal approach to daily rituals. The simultaneous use of rhythms and patterns demands our attention to the image onto which the sound is projected and leads us between parallel narrative lines.

……………………………..1º dto por / by Joana Bernardo

.

.

_

As dissociações entre as representações visuais e sonoras, que Mariana Fernandes e Rui Silveira operam, levantam questões sobre objectividade e subjectividade, jogando com a consonância e dissonância das representações audiovisuais.

Mariana Fernandes and Rui Silveira act on the dissociation between visual and sound representations, thus raising questions on objectivity and subjectivity and playing with the consonance and dissonance of audiovisual media.

Mariana Fernandes oscila entre o som visualizado e dissociado da imagem, testando os limites de uma identificação causal.

Mariana Fernandes swings between the sound visualized and dissociated from the image, testing the limits of a causal identification.

……………………………..Where did the shots come from? por / by Mariana Fernandes

.

.

Rui Silveira tira partido do poder evocativo do que é visto e ouvido, provocando relações de tensão e conflito entre elementos audiovisuais que se abrem à leitura subjectiva.

Rui Silveira explores the evocative power of what is seen and heard, provoking tension and conflict relations between audiovisual elements and opening them to a subjective reading.

……………………………..Ni Dilli por / by Rui Silveira

.

.

A (des)construção narrativa é aqui exposta como exercício sobre as possibilidades criativas da construção narrativa e da representação audiovisual. Por consequência, estes trabalhos são também experiências sobre os efeitos perceptivos desse constructo, propondo formas de testar linguagens ou de explorar como a construção formal potencia a expressão de um conteúdo.

Narrative (de)construction is presentend here as an exercise on the creative possibilities of narrative construction and audiovisual representation. Therefore these works are also experiments on the perceptive effects of this construct, proposing ways of testing languages or exploring how formal construction potentiates meaning.

as docentes DC/FBAUL

Luísa Ribas

Sofia Gonçalves

.
.

.

fab-logo1 fac-logo

Rua Garrett, 83 – 4º andar………………………………………………………Largo Academia Nacional de Belas-Artes
fabrica-features-lisboa.blogspot.com………………………………………DC / TDC III 2007 – 09
....fabricafeatures.com.………………………………………………………………fba.ul.pt
fabrica.it

espaço

Written by marofe

Maio 4, 2009 at 3:00 pm

Na categoria Uncategorized